segunda-feira, 12 de maio de 2014

Não sei o que está acontecendo.....

Poucas  vezes senti o Brasil como sinto hoje. Me dizem que é o cansaço, parece que estão todos exaustos de tudo que acontece.
E o que acontece? Difícil saber, até para achar uma resposta temos que tentar organizar as coisas.

Tem gente que diz que tudo isso é culpa da corrupção, da má administração pública e dos pesados impostos. Pode até ser, mas não é a primeira vez que passamos por isso, desde que eu nasci escuto a mesma ladainha.  Mas agora parece sério, a Copa abriu uma ferida e nem começou. Os estrangeiros nem chegaram e os preços já subiram.

Tenho um amigo jornalista que veio cobrir a Copa e já sabia dos preços, do trânsito, dos impostos, mas ontem falando comigo se disse chocado com o espírito dos brasileiros, a maioria desejando que a Copa exploda. E também está horrorizado com a conexão de internet, me disse que estava na Síria, um país em guerra, a conexão lá nos hotéis é melhor que a daqui. Eu nem tinha lembrado de avisar sobre isso, já estou acostumada com a maioria dos brasileiros a pagar por uma conexão de primeiro mundo e receber uma conexão-migalha, de acordo à vontade do fornecedor.

E meu amigo quer saber  ''o que está acontecendo com os brasileiros?''. Não sei. Não tenho ideia. Talvez a coroa está pesada, acordamos para a vida e percebemos que ser brasileiro é ser nada. Ele disse que sente as pessoas apáticas, apagadas e sem vontade.  Eu até tento argumentar, no primeiro jogo isso desaparece, brasileiro é assim, muda de emoção em segundos.
Não sei o que aconteceu, parece que o país encolheu, ficou do tamanho de uma ilha.

E não posso criticar ninguém porque também me sinto assim, de saco cheio de tudo que acontece aqui.
E alguém disse ao meu amigo  ''quero ver chegar no estádio''. Ele me perguntou se era tão complicado. Falei que sim, vai estar cheio, táxis vão cobrar fortunas, o trânsito vai estar parado.

E ele me perguntou  ''E como os brasileiros aguentam isso?''.

Ah, faz tempo que a gente leva a vida assim em um país parado, cheio, onde tudo custa fortunas e não dá em nada. A Copa é apenas isso, a confirmação de que não saímos do lugar e pelo visto essa possibilidade não existe.