quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Motoristas orgulhosos

Você está dirigindo na pista do meio. Boa velocidade. Nem devagar nem rápido demais. Você olha no retrovisor e vê um carro na mesma velocidade, um pouco próximo mas não tão próximo, só que na pista à sua direita. Pouco depois você se dá conta de que precisa pegar a mesma pista deste carro que você olhou no retrovisor para não perder um retorno. Você ainda tem algum tempo pra trocar de pista. Então você vai lá, atocha o pé no acelerador, coloca a seta e começa o processo de conversão de pista. Bastava o outro carro manter a velocidade que ele estava desde o início dessa crônica, ou mesmo antes do seu início, que tudo daria certo. Mas não. O nosso amigo é orgulhoso. Pra ele não ia fazer a menor diferença ser ultrapassado, aquilo não era uma corrida de Fórmula 1, mas ele atocha mais ainda o pé no acelerador, você vai lá, pisa mais forte ainda. Um duelo bizarro em pleno sábado de sol, às três horas da tarde. No fim das contas, para não perder a saída, você desacelera e deixa ele passar.

É só comigo que acontece isso?