quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Não me deixe!

... e as pessoas vão tentar te fazer esquecer tudo o que for possível esquecer. Todos que chegarem depois vão tentar anular o seu passado, te fazer esquecer dos maus-entendidos... chamarão de tempo perdido o que já será felicidade morta.
Questionarão motivos, compararão intensidades e tentarão te convencer da inutilidade de se guardar lembranças em vista de toda a disponibilidade do futuro. Vão criar lugares, inventar palavras e te coroar para que fique. E eu não vou mais falar, dançar, rir e nem te abraçar. Você não é mais meu presente e eu nem te quero pro futuro. Te preciso como um sorriso garantido para sempre pelas minhas lembranças. E é perfeito que seja assim. Para sempre!