terça-feira, 25 de dezembro de 2012

On the road

Todo ano escrevo metas para o ano seguinte. Não necessariamente no ano novo, porque acredito que nunca é tarde ou cedo demais. Apesar de ser clichezão recomendo a todos porque sempre reclamamos demais (estou me colocando nesse grupo também).

 Fazendo essas listinhas e voltando a elas periodicamente vi que sempre consigo conquistar muitos objetivos, mesmo que temporariamente. E, assim, pude ver que tenho muito mais a agradecer do que reclamar. Um dos tópicos presentes há pelo menos 5 anos nas minhas listinhas é o "viajar", "conhecer lugares novos", "ver o mar" e afins.

 Acredito que na vida o que vale realmente são os contatos que estabelecemos, os momentos que vivenciamos. E que a cultura não está somente nos livros (queridos eruditos, saim um pouco de casa!) mas na alteridade. A imagem abaixo diz o que penso e sinto toda vez que faço uma viagem, mesmo que ela seja de 30 Km à cidade vizinha. 


Ps. Não sou muito chegada aos festejos de final de ano. Mas espero que vocês desfrutem de tudo o que há de lindo. Até o ano que vem.