sábado, 9 de fevereiro de 2013

Misturar temperos... misturar eu e você!

Um sorriso no rosto. Uma música que ressoa no meu coração e é trilha sonora para as minhas ações mais corriqueiras. Um cheiro delicioso sai da cozinha e espalha-se pela casa. Misturar temperos. Misturar comidas. Misturar desejos. Misturar eu e você. Misturar teus sonhos nos meus, teu corpo no meu. Aqui, onde a poesia mistura-se com as cores da comida e com o cheiro e gosto dos nossos sonhos. Você acorda. Vem em minha direção. Um sorriso faceiro me atinge. E me preenche, me aquece, me inebria... Sem graça paro de cantar. Não essa música que você ouve, mas a música que tocava aqui dentro porque eu ouvi você na sua ausência. Agora tenho você na minha frente, tenho você dentro de mim. Agora somos dois. Somos mistura. Somos doce e amargo, somos claro e escuro, somos palavra e silêncio, somos eu e você, comida perfeita. Silenciosa, saborosa. Comida que esconde o segredo de ser boa porque no fundo da panela há muita doação. Doação onde eu me fiz entrega para sorver no teu beijo o melhor sabor. O teu sabor. O nosso sabor. Sabor de amor-entrega!