quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Rosa amarela


Dia nublado
Céu cinza
Preguiça no ar
Sonho acordada
Estou onde queria estar
O tempo está quente
O dia demora a passar
A brisa refresca
A rosa amarela sorri para mim
Sorrio de volta, e fecho os olhos
Balanço na rede
Ouço os pássaros cantando
Pássaros livres, que fazem seus ninhos e voam, e voltam.
Não quero fazer nada.
Apenas balançar...
E só penso nas nuvens, 
na brisa, 
nos pássaros, 
na liberdade 
e na rosa amarela.