terça-feira, 6 de dezembro de 2016

2 Meses

Eulália, quem te colocou assim: grávida? 
Logo você anja sem graça. 
...
Qual dentre os homens, te tocou as coxas brancas, 
sem carne, sem mel, sem fim. 
Eulália conceberás dos céus ?!
...
Olha pra cá e me manda pros confins. 
Fala com sabor que não foi assim. 

Tens o rosto feio, seco, as orelhas grandes. 
Tens os olhos gigantes, me envolvendo, na sua satisfação sem
FIM.