terça-feira, 2 de junho de 2009

Ele

Reclama, mas no final dá aquela risadinha de criança "arteira".
Se faz de desentendido cinematográfico, mas numa roda pra assistir a um filme ele solta: "esse eu já vi".
Conversa sobre questões sentimentais e trabalhos acadêmicos ao mesmo tempo.
Grava Strokes, Fiona Apple e Móveis Coloniais de Acaju (que diacho é isso?) no mesmo cd.
Lê Voltaire, mas dá uma paradinha para a novela.
Liga num sábado à noite
(daqueles mais frios e tristes) e pergunta: "do que você precisa?".
Vai pra Paulista jurando que está caminhando na
Champs-Élysées.
É a personificação do termo mimimi.
É amigo aos poucos, não de uma vez. Sabe dosar.
É o cara das boas ideias, criou esse blog e colocou 30 negos desconhecidos juntos.
É o Lucas, o chato-mais-legal da América do Sul.

*Não se acostume, outra homenagem só no próximo eclipse terrestre.
.
.
.