domingo, 1 de agosto de 2010

ah...

sabe que estes últimos dias eu tenho sentido saudade de mim? não que as coisas estejam ruins ou que eu esteja numa fase infeliz. pelo contrário, estou muito bem obrigado. é que sei lá, andei olhando umas fotos e vendo textos antigos no blog e fiquei um tanto nostálgico. fiz tanta coisa e acabei deixando pra trás muitas delas. amizades, amores, relações familiares, empregos, trabalhos de faculdade, projetos, viagens. tanta coisa boa que, meu deus, não sei porque não foi pra frente.

enfim, o que eu queria com este post, de 1 de agosto de 2010, era que eu pudesse voltar aqui daqui a um ano ou mais e ver que eu não desperdicei mais chances. queria perceber que tudo o que eu fiz foi útil de alguma forma e que eu fiz o meu melhor. queria olhar pra trás e ver que influenciei pessoas de forma bacana e que fui influenciado de forma igual. queria olhar as fotos e relembrar de forma carinhosa das pessoas que estão nelas. queria dar mais valor a mim e a cada momento que passo sozinho, contemplando minha própria presença neste universo.

eu queria ter mais tempo pra não fazer nada. queria visitar lugares pelo simples prazer de visitá-los. ir à uma exposição e não ter a preocupação de entender o que a obra significa. ir a um show sem a obrigação (que eu mesmo imponho a mim) de produzir algum texto ou crítica a respeito. da mesma forma com teatro, cinema, e qualquer forma de arte. queria ter tempo de ler as dezenas de livros que compro e que enfeitam as estantes e de ouvir - só pela beleza da canção - as milhares de músicas que estão armazenadas no meu computador.

queria mais amigos e menos contatos. eu sinto falta de encontrar pessoas só pra falar bobagem, sem preocupação com a hora, com grana e que isso não seja um compromisso. queria não precisar ir à festas e lançamentos só pra marcar presença, pra ver e ser visto. queria abraçar mais e beijar mais e fazer amizades que não queiram nada de mim a não ser minha companhia.

bom, então resolvi montar um video com algumas fotos destes momentos. não, não é uma retrospectiva. e o video é tosco, eu sei. fiz questão de colocar diferentes fases, inclusive das quais eu nem gosto de lembrar. mas fazer o quê? elas existem, então fica aí uma forma de eternizar alguns momentos e exorcizar outros.

[ok, já faz duas horas que tento e não consigo postar o video... assim que conseguir, colocarei aqui. beijos]