terça-feira, 3 de agosto de 2010

Boas Novas

Eu tive um rendimento escolar mediano. Ok, na verdade foi medíocre. Ainda assim, sempre me diziam que eu era inteligente. Eu nunca acreditei. Certa vez uma professora escreveu assim na minha prova: “Marcela, você é muito inteligente, pena que dessa palavra você só aproveite o int.” Nunca entendi se aquilo era um elogio.

Como eu podia ser inteligente se meu boletim era uma coleção de notas vermelhas? Se eu sempre ficava em recuperação? Se eu não consegui passar nem no vestibular para Letras? Tá, era USP, mas é pouco concorrido e eu necas de passar. Sabia que eu era boa em algumas coisas, mas nada que desse dinheiro. Quem remuneraria meu maravilhoso dom de reconhecer um tom de voz? Na faculdade eu fui melhor, mas eu fiz Rádio e TV. Se você não for bem em um curso que é praticamente só trabalho em grupo, se mata, né?

Esse ano eu resolvi que seria diferente. Eu iria estudar, mas de verdade mesmo, sem aquela coisa de estudar 15 minutos e assistir TV nos outros 45. Estudaria toda a matéria do edital, seja lá qual fosse ele. Gente, é uma vergonha uma pessoa adulta enroscar em uma conta de dividir, não é? Eu enroscava. Perdia minutos preciosos da minha prova refazendo a mesma conta várias vezes.

Precisei voltar lá atrás, estudar divisão com decimais, mínimo múltiplo comum e aquela coisa toda que eu deveria ter aprendido na terceira, quarta série. Foi bem chatinho, mas valeu, passei nos quatro concursos que eu fiz. E nossa, como é bom. Como ninguém tinha me dito isso? Sabe qual era minha vontade? Minha vontade era voltar no tempo. Queria refazer a escola. Levar a sério. Hoje eu entenderia química. E física!

Hoje eu recebi a noticia que minha convocação saiu, e eu fui chamada pra São João da Boa Vista, aqui do lado. Posso ir e voltar todo dia. Não vou precisar abandonar minha mãe, nem ficar longe do namorado, nem gastar meu dinheiro com sofá, geladeira, etc...Aconteceu do jeito que eu queria e eu estou muito, muito feliz. Tanto que eu não estou afim de falar sobre mais nada. Foi mal Lady gaga, mas seu texto vai ficar pro mês que vem. Hoje eu só quero comemorar. E amigos de São Paulo, vou fazer treinamento aí e daqui alguns dias podemos tomar aquela cerveja. Até lá!