quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

0.002.593.001

Oi, moçada!

Aqui é a avó do Fefo que está falando. Aquele meu neto disse pra mim que passou o carnaval todo estudando e que não tinha condições de escrever hoje. Acho que ia passar a quarta-feira de cinzas descansando, coitadinho... o menino chegou em frangalhos hoje de manhã me pedindo para escrever no Blog das 30 pessoas no lugar dele. Ele não tava falando coisa com coisa, mas no final deu pra entender... foi até bom... precisava mesmo arrumar alguma coisa pra fazer antes da apuração e meu reumatismo já não me deixa mais ficar zanzando por aí.

Tava pensando cá comigo com meus botões: meu véio também chegava assim em casa toda quarta feira de cinzas, só o filezinho da borboleta de tão acabado. Será que ele também ficava estudando? Aquele desgraçado não sabia nem assinar o nome...

Mas não vou aproveitar esta oportunidade bacana que meu neto me deu pra ficar falando daquele desgraçado! Quem vive de passado é museu e eu sou uma senhora moderna! Sei até usar essa máquina de escrever batuta que meu neto me deu...ah! E como eu me divirto nessa máquina de escrever! É tudo tão organizado. Imaginem vocês que até pra eu poder escrever isso aqui, eles me pediram pra eu colocar o número do meu título ali em cima! Eu que não voto há tanto anos! Ai, ai... que gozado!

E o melhor de tudo é que eu não preciso esperar o pão do William Bonner aparecer na TV pra ficar bem informada com as fofocas do dia. Agora o Bonner escreve os babados lá da máquina de escrever dele e eu consigo ler tudinho aqui na minha própria máquina de escrever! Que moço bom, esse Bonner! Deve passar o dia todo escrevendo, porque haja coisa pra ler nessa máquina! Minha catarata fica até inflamada!

E não tem coisa melhor do que o noticiário nesses dias de folia! As noticia fica tudo mais alegre, o mundo até parece que tá mió! Os políticos, coitadinhos, estão se refazendo da canseira do dia-a-dia atribulado que eles tem, então o Bonner não tem má noticia pra dar pra gente...é tudo alegria! O problema é que é só acabar o carnaval que começam fazer maldade de novo e as tragédia volta a aparecer no noticiário! Coitadinho do meu Bonner!

Ah, será que meu neto vai gostar do que eu to escrevendo aqui na máquina? Ele falou que era pra eu caprichar porque esse monte de brotinho que aparece aqui do lado esquerdo da tela ia ler, mas até agora não disse nada de mais, só disse as coisa que eu vejo e que depois fico matutando... Eu queria mesmo era poder escrever naquelas máquinas de escrever mais moderna que o mão de vaca do meu neto não quer me dar. É uma taubinha com o nome engraçado: "ai pede"...mas pedir o quê? Ai, ai...que gozado! Eu ainda não entendi muito bem como aquilo funciona, mas parece que tem que ficar fazendo carinho nela com o dedo pra ela funcionar...que gracinha! Eu quero! Não sei bem pra que, mas eu quero!

Opa! Achou que ouvi o "Top de 5 segundos"... fico toda eriçada com este barulhinho! Preciso ir, moçada! Foi um prazer bater este papinho com essa meninada tão bonita e cheia de vida!

Um beijo da Dona Noélia Lários