quinta-feira, 4 de abril de 2013

Variações sobre o mesmo tema.

Tudo é entonação e interpretação nessa vida.
Tudo é jeito, é cuidado, é forma de dizer.  O conteúdo pode ser o mesmo, mas se for com franjinhas e babadinhos, parece que é mais palatável. Tal como no conto “Recalcitrante”, de Drummond, entendimento também é tudo. Então, cabe-nos saber dizer, e ao outro saber ouvir, e todo mundo terá humor noir pelo resto da vida. 
Opa, pera.
Introduzi o assunto, penetrando em tema assaz espinhoso (e deixando um rastro de duplo sentido ao caminhar por essa senda) porque ouvi, curiosamente num mesmo dia, três músicas de mesmo tema. E fiquei pensando em mulheres que se identificarão com uma, torcendo o nariz para as outras duas...
...sendo que todas falam da mesma coisa.

Mas tal conclusão é minha, tire suas próprias. 
Abraços.