sexta-feira, 5 de julho de 2013

Eu, Tanásia,

prometo amar e respeitar

na saúde e na doença,
na riqueza e na pobreza,
até que a morte nos separe.
(Cleyton Cabral)