domingo, 27 de outubro de 2013

Feliz independência

Enquanto conto dias (e horas) pra chegar em Cuba, meu trabalho pesa mais, a vida familiar enche mais o saco e meu único desejo é enfiar tudo na mala e correr pro aeroporto. Como não é possível, entre uma cerveja e outra, preparo com cuidado os detalhes da viagem e vou me contentando com pequenas felicidades. 

Passo no supermercado para comprar o necessário pra semana e vou pensando nos acessórios que futuramente comprarei para decorar meu canto assim que 2014 der as caras. Quero panela colorida, quero quadros, quero lençóis brancos e floridos e acima de tudo quero um lar em paz. 

Neste momento cozinho, lavo roupa, escrevo, ouço música e rascunho o quão doce e feliz será minha total independência.

Falta muito pra março?