sexta-feira, 29 de agosto de 2014

2014

o ano que não acaba nunca.
o estado letárgico que não se vai,
a curiosidade sem fim na crise enrustida,
a esperança que não cessa com o despontar inevitável,

sim não tenho jeito, sou tola, ainda acredito na força do povo.
mas estou atrasada para desenrolar os pormenores,
talvez venha domingo,
se não conseguir mês que vem é nois : >)