quarta-feira, 25 de maio de 2016

O "Não relacionamento"

Quando é que a gente sabe que está num relacionamento? É preciso verbalizar? 

Relacionar-se precisa de um aval?

Eu que sempre fui do "deixa a vida me levar, vida leva eu" me senti incomodada recentemente por estar num "Não relacionamento"

Estar com a pessoa é maravilhoso, o silêncio à distância não é. Já estive em "não relacionamentos" alimentados por longas conversas sem estar perto fisicamente e é como se eu sentisse a conexão com a pessoa. Aquilo me dava uma falsa segurança de estar próxima a quem tem muitas coisas em comum comigo. Também já estive nesses modelos tradicionais de relacionamentos que, às vezes, se mostram falidos no meio de tantos estímulos atuais. É oferta pra lá, conquista pra cá e você descobre que não há certeza pra nada. E se não há certeza, por qual motivo não viver o tal "Não relacionamento" no modo -deixa a vida me levar, vida leva eu-?

Cá estou, tentando e incomodada. 
No fundo, eu faço parte daquele time que prefere ter a ilusão de que ~tá tudo bem, é só você que eu quero~ vestido do status "Relacionamento".