quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Até ano que vem.


  Quantas pessoas eu já fui ainda nessa mesma vida?
  Quem eu serei amanhã?
  Será que gosto?
  
  Quantas linhas precisa ter um post;
  um pouco mais para não parecer preguiçoso;
  um pouco menos para ser lido até  final?

  Por que escrever aqui, e não em um "como me sinto" no facebook,
  garantindo meia dúzia de likes vazios?

 Quantas zilhões de vezes já gastei as mesmas palavras?

  Por que você está aqui agora?

  Bora voltar a estudar regra de três e concordância,
  ver o Tim e seus brinquedos no youtube,
  Porque isso eu sei fazer.