quarta-feira, 30 de março de 2011

Saudade Molha...



Quente, úmida, cheirosa
Saudade por entre minhas pernas
Inquieta e pulsa
E me molha
Saudade safada de ti
Me põe pervertida
Me toma os sentidos
Me bebe e me come
Ah, saudade molhada
Que vem e que passa
E sinto de ti
Ainda que não estejas aqui
Por entre minhas pernas...