sábado, 14 de junho de 2014

Poesia antes de dormir

Onde a poesia se esconde?

A resposta aparece rápida:
- Debaixo da ponte.

Aponte! Grite! Conte!

Anda. De pés descalços. Para onde?

Para onde vai a poesia que se perde em um pensamento?

A poesia está no cinza. Nas cinzas. No asfalto quente da cidade.

A poesia arde como o vermelho.

A poesia escorre no suor do trabalho, nos bueiros e nas bocas de lobos.

A poesia invade!
Mexe e morde. Coça, enrosca.
A poesia na calada da noite (silenciosa como uma cobra).

Que cresça, brote, floresça, brilhe e aqueça!

Que não se esqueça: cometa!
Invente.
Tente.
Não se arrependa.

FAÇA   POESIA!
Falada, escrita, cantada, recitada, piada, imaginada, desenhada, prostrada, amada, rebelde, ignorada, tímida,assanhada.Não importa. FAÇA!