sexta-feira, 3 de julho de 2009

Pequenas desilusões musicais

Entrou no bar um pouco perdida, mas logo que ouviu as primeiras notas se achou, era Dois pra Lá, Dois pra cá. De onde estava não podia ver a figura de quem tocava, mas os amigos afirmaram que era o pianista fixo do bar. Ficou tentada a conhecê-lo, mas era tímida.
Sempre quis convencer seus namorados a gostar de João Bosco, mas nunca conseguiu, e assim começou a sonhar com o dia que conheceria alguém para dividir seu gosto, sem ter que insistir e explicar nada. Era seu sonho secreto. E por falar em sonho, começou a sonhar com o pianista. Quem sabe era ele? Ele também acharia Kid Cavaquinho engraçado?
Em poucos minutos pode visualizar o namoro, as músicas tocadas só pra ela, as madrugadas, tudo. Todos diriam que nasceram um para o outro. Casariam rápido. Tocaria Dois pra Lá, Dois pra cá, óbvio. Talvez no lugar da Marcha Nupcial, se o padre permitisse.

-Mais uma cerveja?

O garçon interrompeu seus planos. Olhou mais uma vez para o piano e dessa vez pode ver uma mão. Era uma mão morena. Sim, devia ser bonito. E o cabelo? E o sorriso? Foi então que os amigos falaram em pedir a conta. Sentiu-se desesperada. Como? Rápido assim? E agora? Tinha que agir, mandar um bilhete, qualquer coisa. Sem conseguir definir um plano, levantou e avisou aos amigos que iria ao banheiro. Seguiu confiante rumo ao piano, embora de cabeça baixa, pois sentia seu rosto queimando de vergonha. Devia estar muito vermelha.

Olhou novamente para o piano, agora já podia ver nitidamente a figura do futuro amante. Não era bonito como imaginara, olhando separadamente era um tanto sem graça, aliás, mas assim, no piano, até que tinha lá seu charme. Até dava para superar os bons centímetros a menos.

Tomou coragem e disse oi. Ele respondeu, sorrindo.

-Onde fica o banheiro?

E foi aí que o sonho desmoronou. Tinha a voz fina. Explicou atenciosamente, mas tinha a voz fina. Terrivelmente fina. Não, não podia suportar um homem com aquela voz. Agora entendia tudo, o porquê do piano. Pianistas não costumam cantar.

-Entendeu?

Não se lembra se chegou a responder. Traída em seus sonhos, virou as costas e foi embora com os amigos para outro bar.