sábado, 1 de maio de 2010

novo trabalho, trabalho...

como de costume, a ideia incial do post deste mês mudou 789 vezes. comecei escrevendo sobre numerologia, cartas, cosmos, astros, mas é difícil falar do que não se acredita. acabei caindo no ridículo da crítica pela crítica e a ironia virou sarcasmo. apaguei.

depois comecei a escrever sobre sorte, dinheiro, sonhos. parei porque não tenho nem um, nem outro. nem sonho. mas isso não tem a mínima importância hoje.

hoje é dia mundial do trabalho e apesar de não ter encontrado o emprego perfeito (se é que existe) e muito menos ser militante destas forças trabalhistas e o escambau, eu comemoro meu novo trabalho. desde o dia 13 (ótimo dia pra começar algo novo...) sou analista de comunicação de uma empresa. comemoro porque saí de um lugar onde aprendi muito, mas que vinha me oprimindo há tempos. comemoro porque em tão poucos dias me sinto mais útil que em anos.

comemoro porque o trabalho é na avenida paulista, aquela que sempre quis. comemoro ainda mais porque fica a 10 minutos (a pé) de minha nova casa (sim, mudei, mas isso fica pra um outro post). fico feliz por poder desenvolver coisas que aprendi na universidade, por ter liberdade de criar e trabalhar com midias sociais na internet.

lembra que uma vez eu escrevi no meu blog pessoal: "alguém aí quer me pagar para escrever em blogue?"

pois é... parece que alguém ouviu e me contratou. e olha que tanto meu blog condussão como este aqui (SIM, GENTE... NOSSO BLOG ESTÁ MAIS FAMOSO DO QUE IMAGINAVA) e todas as comunidades das quais participo foram lances decisivos na minha contratação. numa das (4) fases do processo seletivo, o entrevistador sabia de alguns posts meus que nem mesmo eu lembrava...

obviamente não sou mais um menininho que acha tudo certo e perfeito. tenho trabalhado demais e percebo que a partir do momento que decidi focar no trabalho e decidi investir mais em mim, as coisas começaram a acontecer.

aliás, fiquei tão feliz porque a partir do momento em que decidi isso, surgiram outras oportunidades de trabalho e passei numa prova concorridíssima numa das melhores empresas de cultura do brasil. ainda não rolou, mas o fato é que estou feliz com este trabalho hoje.

e hoje é o que importa.

.


.