sábado, 11 de dezembro de 2010

Olha o meu tamanho!

Quando a minha irmã mais nova nasceu, eu, então com 3 anos e meio, entrava debaixo da blusa da minha mãe, e dizia que queria voltar pra barriga. Um tempo depois, fui até uma loja de roupas de criança no dia do meu aniversário de 6 anos, e comprei uma blusa exatamente tamanho 6 anos, que ficou enorme, praticamente um vestido (o pessoal aqui em casa nunca foi dos maiores). Mais tarde, quando eu tinha meus 13, 14 anos, queria parecer ter mais - as minhas amigas já eram mulheres feitas com esta idade, e iam a todas as festinhas nos finais de semana, enquanto eu, menina, ficava em casa esperando meus 18. Mas o tempo passa rápido. E a gente não sabe de nada mesmo. Hoje, com quase 30, adoro meus quase 30, como sei que vou adorar os 30 ano que vem. Não queria que eles fossem 35, nem 40, nem 18 ou 25. Adoro quem eu sou e tudo o que vivi nestes quase 30, e também tudo que ainda vou viver nos outros tantos que me esperam.



Daniel, ontem mesmo


Daniel, orgulhoso dos seus 3 anos: "olha o meu tamanho!"