quinta-feira, 17 de maio de 2012

América del Sur

Mesmo contando pesos a cada momento, mesmo sabendo poucas, bem poucas mesmo, palavras em espanhol (e com um inglês bem de índio), mesmo pegando barco de madrugada como clandestinos, mesmo comprando poucos souvenirs, mesmo a câmera tendo descarregado bem na chegada a Buenos Aires, mesmo dormindo bem pouco esta noite, mesmo sendo extorquidos no Mercado del Puerto, mesmo carregando malas por mil quadras, mesmo cortando o dedo andando de bicicleta, mesmo compartilhando alguns quartos, mesmo assim encontramos o Bruno, a Natalie e outros viajeros de coração grande em Colonia, Uruguai, conhecemos a Alice, da Nova Zelandia, ganhamos un desayuno de graça en el nuevo hostel, assistimos a um belo pôr do sol no porto de Colonia, percorremos toda a rambla de Montevidéu, ganhamos informaçoes de Antonio, um uruguaio bem simpático, rimos muito com nossas tentativas de hablar español, ganhamos um chocolate quase de graça no mercado, tomamos Patricia no trapiche sem precisar gastar tanto, conhecemos o Lucas e o Wesley, no hostel em Montevideo, nos divertimos encontrando lindas praças de surpresa pelas ruas, descobrimos que nos entregamos pelo sotaque e que nuestro Norte es el Sur.