domingo, 27 de maio de 2012

Dia de Norma

“A sociedade da normalização é uma sociedade em que se cruzam, conforme uma articulação ortogonal, a norma da disciplina e a norma da regulamentação”
Michel Foucault

Depois da toalete, uma camada de protetor solar para evitar o envelhecimento precoce e em seguida a maquiagem. Blusa, bolsa e sapato, assim tudo fashion, como manda a tendência do último desfile de moda. No trânsito, coloca um som bacana pra evitar a chateação com essas crianças pobres e feias e fedidas que vêm atormentar nos sinais. Então, longas oito horas de bunda na cadeira de couro da empresa. Daí, duas horas de academia pra ficar em forma. Mais uma hora no divã pra descarregar as inquietações, a trezentos reais a sessão. Na sala de espera do dermatologista, que promete acabar com toda a celulite, lê uma revista feminina que ensina os dez truques para viver mais. Ainda volta pra casa em tempo de assistir a novela e come o seu iogurte light com granola light que é para o intestino funcionar direitinho. Antes de dormir, toma religiosamente seu Prozac® e reflete sobre qual blusa, bolsa e sapato colocará no dia seguinte. Muito em breve, Norminha terá um câncer.