quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Um Salve!

  Quando a gente nasce, não sabe lá fazer muita coisa.
Dormir, comer, defecar, urinar, chorar, reclamar, dependendo dos outros para tudo. A vantagem é que bebê é coisa fofinha.

  Parece incrível que tanta gente, com décadas já acumuladas, não tenha ido muito longe e não faça muito mais do que fazia quando nasceu.

  A parte chata é que você, gordo(a), beberrão, churrasqueiro, preguiçoso e eterno lamentador da vida, não é mais fofo.