quarta-feira, 12 de junho de 2013

Feliz dia dos namorados (só para brancos e héteros)

A alma da propaganda é a mentira.Tudo bem.Hoje,dia dos namorados,não vou cair nesse abismo do que é mentira ou verdade,ética ou falta dela.As coisas são como são e sorte de quem se adapta rapidamente.
Mas eu já cansei de ver etiquetas em lojas onde está escrito: 59 reais.E você se aproxima e vê ali,embaixo do número,bem pequenininho:em seis parcelas.Ou seja,o preço real não está na vitrine,o que aparece ali é apenas uma opção de pagamento,coisa proibida por lei,mas hoje jurei não falar de leis.
Apenas queria um pouco de consideração do comércio em datas especiais.Quando colocam uma outdoor gigante dizendo:Feliz dia dos namorados!,
por que não podem colocar uma frase embaixo:mas não é para todo mundo.

Até onde sei o dia dos namorados não é para todos.E não falo do solteiros.Falo do preconceito,porque está semana li duas matérias diferentes,mas o assunto era o mesmo.
Nos sites de fofoca saiu que Cauã Reymond estava se separando de Grazy Massafera.Até aí o problema é deles.Ou era.Porque entrou um terceiro no casamento,o anunciante.Duas grandes empresas tem contratos com o casal,então nenhuma separação é tão bem vinda assim,isso mexe com toda a estrutura,inclusive o departamento comercial da emissora que trabalham.
Meses atrás tinha acontecido isso com Angélica e Luciano Huck,que sites garantiram que estavam em crise,mas tinham anunciantes nas costas e tudo foi rapidamente resolvido.

É normal isso,acontece.Mas semana passada saiu em um site que um ator namora outro ator de uma novela.O problema é que os dois estão na mesma emissora,em novelas diferentes.E namoram desde 2011.No começo a emissora não se importou,todos sabiam,porque eles circulavam aos beijos pelos corredores,mas de repente eles decidiram assumir.Compraram alianças e em festas em São Paulo freqüentadas por atores e artistas todos sabem que eles são um casal,verdade seja dita,um casal lindo.
Ao contrário de Luciano Huck e de Cauã,onde a emissora que eles trabalham lembrou aos dois que contratos são para serem respeitados e imagem é tudo,os dois rapazes que namoram foram chamados pela direção,que ficou sabendo da história da aliança e resolveu avisar os rapazes que não podem e não devem mais sair por aí se exibindo e um deles tem que arrumar uma namorada urgente,para não dar `pinta ´.

Conheço o assessor de um deles e cruzei com ele semana passada.Eu sei que essas coisas não se perguntam,mas achei a história tão agressiva,eu não me imagino sendo chamada por uma direção de uma emissora para defender a minha vida pessoal.Isso pra mim cruza todos os limites.
O assessor me contou quase a mesma história.É verdade que um deles foi orientado a assumir um namoro com uma colega da mesma novela,que é lésbica,mas só pediram isso ao rapaz para não confundir o público e não colocar o diretor e autor da novela na parede,porque o telespectador não saberia como lidar com um galã gay,a emissora explicou que assumir que são gays acabaria com duas coisas,seus contratos e sua carreira.

Que porra é essa?Quando é um casal hétero a emissora aplaude,adora e não é só no Brasil,todas as emissoras no mundo tem seus casais 20,brancos,ricos e héteros,loucamente héteros.Esses casais merecem toda a atenção,inclusive melhores contratos e avisos de quando não estão agradando os patrocinadores e se rolar uma tensão doméstica,a emissora se mete,faz de tudo para manter o casal 20 unido.Já o outro casal,dois rapazes,jovens e lindos não merecem mais do que uma bronca e um aviso quase ameaça,pra parar de sair por aí mostrando seu amor ou ficam sem emprego.

Então o dia dos namorados não é para todo mundo.Em nenhuma revista vi esse casal gay falando sobre como vai comemorar a data,mas casais héteros e famosos falam e falam sem parar,contando até intimidades e preferências para festejar esse dia.Vi várias propagandas na televisão e só aparecem casais héteros e brancos.Acho que o dia dos namorados é só para eles.Se é isso mesmo,favor avisar,colocar a plaquinha embaixo:Dia dos namorados
(apenas para brancos e héteros)
 

Já que é complexo discutir respeito e ética com a propaganda,então pelo menos que assumam que não são todos iguais e que o seu produto deve ser consumido apenas por brancos e héteros.Porque esse preconceito disfarçado,esse racismo diluído junto com a homofobia é pior do que parece.Pra mim isso deveria ser considerado crime,mas aqui o preconceito ainda não recebe a atenção que merece.Tudo bem,espero um dia voltar e escrever sobre estes velhos tempos,onde o dia dos namorados era só para casais héteros,assim como a história que meu pai me contou sobre uma lanchonete americana que não deixava os negros entrarem.As coisas mudaram e a sociedade avançou,quero muito um dia escrever sobre esses tempos terríveis,ignorantes,onde na propaganda de dia dos namorados apenas os brancos e héteros eram aceitos,os outros barrados.Um dia esses comerciais vão envergonhar a todos.