sábado, 15 de agosto de 2015

Malditos leucócitos

“Eu não vou deixar ninguém andar pela minha mente com os pés sujos”
  Gandhi

Talvez o meu maior defeito seja me importar demais com o que os outros pensam. Eu sei que não existe perfeição. Que não posso nem preciso ter controle sobre tudo. Sei também que ninguém jamais agradou a todos (e quem sou eu para ter essa pretensão?). Contudo, por mais que o consciente tente, meu subconsciente sempre foi o alfa. Old habits die hard. Aquela chorumela toda. Para complementar, existem as pessoas que adoram nos ver na pior e quando descobrem que a gente se tortura por pouco, fazem questão de fomentar a paranoia. Altas noites em claro. Mas, enfim... estou aqui para contar que meus problemas acabaram! Peguei-me pela primeira vez realmente não me importando. Sério. O cérebro até doeu com a novidade. É tão simples! E acho que é definitivo, não tem cura. Deixa eu te contar como...

O quê? Você está achando esse texto uma porcaria?

Ih, acho que meu sistema imunológico já deu conta do recado.

Merda.