domingo, 20 de setembro de 2009

O Fim

Olá pessoal.

Estou enfrentando o sentimento de luto pela perda de uma pessoa da família - e o luto muda nossas perspectivas... pelo menos até que nossa mente seja novamente tragada pela rotina para que, mais uma vez, caiamos no ciclo de ilusões, desejos, lutas e objetos que nos cerca.

Tento sempre escrever algo bacana aqui, dar o melhor de mim, mas não dessa vez... Vou ficar aqui no meu cantinho, matutando como um caboclo, de cócoras, tentando compreender a simplicidade do complexo e a complexidade do simples que envolve a vida e a morte... uma busca que não me levará a lugar nenhum mas, no momento, é uma trilha que não posso evitar de seguir.

Em um outro momento que me deparei com esse sentimento, saiu uma música: O Fim - fruto do sentimento de que não somos nada e somos tudo ao mesmo tempo, diante da vida e da morte. Seria ela mesmo o fim? Ou o recomeço?

Bem, gostaria de indicar essa música (que não é triste, nem alegre) para vocês. Acho que é assim me sinto nesse momento. Não é uma música da banda, eu a fiz sozinho e sozinha ela é, mesmo sabendo que sozinhos não devemos ser nunca.

A música está no Myspace, eu nem tenho mais o arquivo dela. Mas ela está lá. Sinto muito pela apatia do artigo, mas espero e ficarei confortado com um retorno de vocês sobre ela. Abraços e até o mês que vem!

http://www.myspace.com/mundosophia