quarta-feira, 18 de abril de 2012

Montão de não, vez em quando um sim

Vou te dar uma bola, um cachorro e uma bicicleta. Hehe, é! lambe porque gosta... 

Vou te dar uma mão. Um puxão. Um beijão? Continua pedalando, logo logo tiro as rodinhas... 

Vou te dar esperança, vergonha e problema. Um cruzamento pela direita. Deu rebote chuta de novo! é igualzinho viver...