domingo, 23 de junho de 2013

Anda com fé amor..

Consegui voltar para a lista das pessoas que vão trabalhar a pé. São 3 Km na ida e 3 Km na volta.
O ruim é que nunca mais fui na academia, o bom é que acordo duas horas mais tarde.
O ruim é que chego descabelada e fedendo no novo emprego, e ainda estou nos 3 meses de experiência. O bom é que chego com a cabeça oxigenada e rendo muito mais.
O ruim é que fiquei folgada e nunca mais usei salto. O bom é que agora vejo todo dia às 7:30 um mendigo pegando uma goiaba da árvore, sentando na calçada e comendo tranquilamente, mas isso é assunto pra outro post. Resumindo, a pé vejo coisas que não via quando estava puta dentro do carro.
O ruim é que mesmo quando a preguiça é de matar ou chove eu não tenho opção. De ônibus ou de carro levaria mais tempo que a pé. Coisas de São Paulo, que paulista finge que entende só para parecer superior, mas vou contar um segredo: Não entendemos essa cidade. Ouso dizer que nem gostamos dela. 
"Fale por você!" - É mesmo mais bonito dizer só a minha opinião,  ninguém precisa concordar com ela: Eu não gosto de São Paulo. Queria sair daqui, mas sou daquelas que criam raízes, sabe? E eu não quero que elas sejam cortadas tão cedo, muito mais do que eu não quero mais morar aqui. (tenho pai e mãe morando por aqui e só vou me afastar deles quando Deus quiser. Até lá, eles vão ter que me aguentar e eu vou ter que aguentar São Paulo)..
Mas esse post não é sobre mim. É sobre você. Sobre como você vai para o trabalho. Encoxando e sendo encoxado no transporte público? Forever alone no carro, ocupando 4 metros quadrados da sua cidade? De cipó, bicicleta, teletransporte? É sortudo e trabalha em casa e/ou não trabalha? 
Além disso, quanto tempo você perde do seu dia se deslocando? Certeza que não seria mais barato procurar um cafofinho perto do trabalho, só para ficar durante a semana?
Eu vejo um monte de carro entrando em circulação todos os dias (mesmo com aquelas propagandas péssimas - concessionárias melhorem isso aí!) e as avenidas continuam as mesmas..
Sou totalmente contra o rodízio de carros em SP, mas não dá mais pra ficar sem ele. 
Sei que as autoridades poderiam fazer um milhão de coisas, mas as autoridades não lêem o Blog dos 30.
Você lê. E como eu já disse lá em cima, o papo aqui é com você.
Melhore sua vida. Trabalhe perto de casa. Gaste seu tempo com coisas que te façam feliz. Sei que não é fácil, mas se vire. Se planeje. Nossa única obrigação na vida é ser feliz. Eu estou trabalhando nisso, e você?
Senhor Alexandre já resolveu o problema do transporte público no Brasil em 2009, minha gente! O que vocês ainda estão discutindo? Bora votar nele para King Size Senhor das Barcas do Rio de Janeiro!