quinta-feira, 21 de maio de 2015

Melhor deixar como está.

Olho pro relógio.

01:53 da manhã.
O quê teria eu pra dizer à você?
Lembro do olhar... Do sorriso...
Não. Melhor deixar pra lá.
Melhor deixar como está.
Pensei em ligar. 
Mas já deixei aquela mensagem no seu Facebook.
Que, aliás, você nem visualizou.
Como assim não visualizou?
Você usou essa bagaça. Te vi online.
Sei lá.
Preferi deixar como está. Melhor não complicar.
Pra quê arriscar? Tá bom do jeito que está.
Bem... Bom não tá não!
Preferia você aqui, do meu lado, na minha história.
Mas acho que você nem se dá conta disso.
Pra quê complicar, né? 
Eu aqui, você aí. 
A vida já tem tanta complicação.
É uma ideia que existe na cabeça,
E não tem a menor obrigação de acontecer.
Melhor deixar como está.
Você na sua história.
E eu... Na minha.