terça-feira, 18 de abril de 2017

Não Matarás


Mate a saudade,
Mate a vontade,
Mate a fome, sua e de alguém.
Mate a sede, de água e de viver.

Só não mate a esperança, a sua e de outros,
Porque ela é a última que morre,
Mesmo quando tudo parece já ter morrido e mesmo assim,
Quando se mata uma esperança, se mata uma vida nova.

Não mate!
Transforme.
Lute.
Mude.