domingo, 14 de julho de 2013

Tratado de/ Manifesto de Tordesilhas

(Algodão, uma planta brasileira?)

- Quem descobriu o Brasil foram os ingleses! É. Não foram os portugueses.-"aqueles caras"
-Como assim? Então mentiram para mim na escola e na faculdade? Tá bom, talvez eu não tenha prestado atenção naquelas aulas....-"o sentimento de culpa"
-Quem descobriu foram os índios!-"a vermelha cor de rosa"
-E os holandeses?-"nordestinos"
-Foram os portugueses! As caravelas! Peludos, barbudos, cheios de roupas e coroas. E padres!-"a lembrança da escola"
-Foram os japoneses! Ou chineses! Eu nunca consigo diferencia-los muito bem....os koreanos também....enfim, os índios tem olhos puxados e tal...-"a tentativa"
-Puta como a gente é burro!-"ela"
-E vc acha que alguém sabe? Claro!Os professores universitários sabem..... Ah, tá!-"aqueles caras"
-Os índios.....-"nostálgico"
- A gente não sabe é de nada. As histórias são uma mentira política. Você precisa acreditar em algo para ser controlado -    "pensa que é ateu"

- Não foi descoberto por ninguém, ainda. Ou foi descoberto e escondido e descoberto de novo a muito tempo atrás. Escondido atrás de folhas de bananeiras, protegidos por jiboias e coros de cigarras. - Eu.

-Ainda não foi descoberto. Ainda nem nasceu. Dorme em tantas utopias universais. O Brasil não existe. É uma metafísica. Um aroma. Um desenho abstrato. Uma vontade.- Eu mesma.

- Brasil é uma ideia nazista, fascista, nacionalista, europeia...Racista e homofóbica! O Brasil ainda é uma colônia. O Brasil ainda está no mapa. Em alguma garrafa. Boiando em algum oceano. Em um sonho de uma criança do futuro.- Eu.

- Ah mas o que está por traz da nação? O que você está procurando? O que é puramente brasileiro? Havaianas? Feijoada? Batata, algodão, cravo-da-índia? Poodles, Puggys? Girassóis?-Eu mesma.

-Não importa! Tudo hoje é coca-cola, leite moça, carne de soja, Mac......sei lá. Não sei para o que isso importa efetivamente.....
Digo, isso não dá dinheiro, dá? Nem como literatura, né?-Eu.

-Acho que isso é a coisa mais importante do mundo. A nossa identidade, sem separatismo, nem "sectarismo". Somente o subjetivismo, a idiossincrasia......A história dos indivíduos na galáxia, sem sentimentalismos.....-Eu mesma.

-Tá, mas eu realmente não estou segura do quanto vale a pena falar sobre isso em um blog às 22:58.

Pessoal: meu dia foi ótimo! Eu espero que vocês tenham tido um ótimo domingo. Acordei tarde. Improvisei uma salada de fruta. Fui no mercado. Almocei sopa de bardana. Recebi meus tios. Assisti uma aula de bolo de cenoura. Ouvi música. Ouvi. Abracei. Beijei. Conversei.Dei risada. Comi e bebi! E desisti de postar um texto falando da minha semana de alta gripe.